Energia Limpa + Música!!

Como um biólogo e músico, este é um assunto que me interessa muito!

Não é novidade que tanto a água quanto o vento são importantes fontes de energia limpa e renovável. Contudo, pouca gente sabe que esses mesmos elementos podem ser usados também para fazer música. Não apenas o som do vento nas folhas das árvores ou das ondas do mar quebrando na areia da praia, mas verdadeiros instrumentos musicais criados pelo homem e “tocados” pela natureza.

Na cidade de Zadar, na Croácia, um projeto arquitetônico às margens do mar Adriático reproduz a música do oceano. Um sistema de tubulações construído sob degraus de mármore é responsável por traduzir os movimentos das ondas do mar em música.

Foto: Böhringer Friedrich

Outra construção interessante e de formas futurísticas é a Singing Ringing Tree, uma escultura de três metros de altura em formato de árvore projetada em Burnley, no condado de Lancashire, na Inglaterra. Aqui é a força do vento passando pelos tubos de aço que produz o som. A obra de arte criada pelos arquitetos Mike Tonkin e Anna Liu ganhou, em 2007, o prêmio de excelência do Instituto Real de Arquitetos Britânicos.



Além de fontes de energia renovável e instrumentistas ocasionais, o potencial desses elementos não termina aqui. Com propriedades calmantes, o som da água e do vento costuma ser muito usado para compor trilhas para relaxamento e meditação. Artistas como o músico Corciolli, conhecido por suas composições de estilo new age, misturam instrumentos musicais com os sons da natureza para compor suas músicas. Muitas delas são usadas e recomendadas pela musicoterapia no tratamento do estresse e da depressão.

Veja o vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário