Ecologia e Futebol


Não tem melhor dia para falar de futebol, sendo hoje a final da Copa Libertadores da América, com o Atlético-MG buscando o título inédito.

Mas o assunto aqui é sustentabilidade.

Numa tentativa de provar seu compromisso com a criação de produtos concebidos de forma sustentável, a Nike criou uma nova chuteira de futebol chamada Green Speed, que está sendo apontada como o sapato mais ecofriendly da marca e também o mais leve.

Ao longo de seu corpo, ela possui materiais renováveis e reciclados. De acordo com a empresa, o revestimento interno e a placa de tração são feitos com um material vegetal derivado 97% da mamona. Já o cadarço da chuteira e a língua são feitas com um mínimo de 70% de materiais reciclados, que incluem garrafas PET e poliéster.

Não é só o meio ambiente que agradece. As chuteiras são 15% mais leves que os modelos tradicionais do mercado por causa do uso da mamona – elas pesam apenas 160 gramas (cada pé, tamanho 40,5), o que dá agilidade para o jogador.

Seria interessante se na Copa do Mundo FIFA 2014 eles usassem essas chuteiras, já que a competição está sendo chamada de Copa Verde, com várias ações sustentáveis.

Visto no Exame.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário