Avião movido a... MOSTARDA??

Bizarro? Que isso!!

Não para pesquisadores do Canadá, que estão estudando, com sucesso, outra utilidade para o grão: encher o tanque de aviões.

No final de 2012, um Falcon 20 – modelo de jatinho com capacidade para, no máximo, seis pessoas – decolou do Aeroporto Internacional de Ottawa, na capital do país, e sobrevoou a cidade por cerca de uma hora e meia tendo, apenas, biocombustível de grão de mostarda em seu tanque.


De acordo com o piloto, o francês Paul Kissmann, o avião funcionou perfeitamente, sem nenhuma diferença na performance, em comparação aos jatinhos que funcionam à base de gasolina.

E mais: o cultivo dos grãos de mostarda usados para a fabricação do biocombustível é feito por agricultores do oeste do Canadá que possuem terras que, por diferentes razões – como contaminação –, não estão apropriadas para a produção de alimentos – ou seja, o debate “biocombustível versus comida” está fora de pauta aqui.

Imagina o aeroporto com cheirinho de cachorro-quente?!

Vai que decola?!

Visto no Planeta Sustentável

Nenhum comentário:

Postar um comentário