Ilha movida a energia solar

Em breve, o pequeno arquipélago de Tokelau, na Nova Zelândia, será totalmente abastecido por energia solar. No lugar dos geradores a diesel usados atualmente para atender a demanda, entrarão em cena mais de 4 mil paineis fotovoltaicos.

Para atingir esse objetivo, seus cerca de 1,4 mil moradores contam com o apoio da empresa neozelandesa PowerSmart Solar, responsável pela instalação do projeto. Quando entrar em operação, no final de 2012, o sistema de energia renovável vai evitar a queima de 200 mil litros de diesel por dia, impedindo emissões anuais de 2 mil toneladas de CO2e. Além de poupar o meio ambiente, a geração limpa ajudará também as contas públicas - anualmente, Touquelau gasta um milhão de dólares com energia. 



O projeto deverá se estender pelos três atóis que compõem o pequeno teritório no Pacífico Sul - Fakaofo, Nukunonu e Atafu. Ele foi planejado para fornecer 150% da demanda de energia e o excesso será armazenado, a título de precaução, em bateriais especiais.

Ao se livrar da dependência do combustível fóssil, a região, que não dispõe de ruas e é acessível apenas por mar, também atingirá a autossuficiência em energia, já que todo o diesel é fornecido pela Nova Zelândia. Mas o combustível ainda será necessário - para abastecer os únicos três carros da ilha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário